Você já ouviu falar da Times Square? Trata-se de um cruzamento na cidade de Nova York, cujo qual possui centenas de espaços publicitários, ocupados pelas maiores marcas do mundo. Para se ter uma ideia, Coca-Cola e Pepsi, bem como Samsung e Apple disputam cada centímetro quadrado desses espaços publicitários. Por que elas fazem isso?

Por causa do tráfego.

Estima-se que mais de 1,5 milhões de pessoas passem por aquele cruzamento todo santo dia. E é este tráfego incessante de pessoas que desperta este interesse nas marcas. Afinal de contas, um velho jargão do marketing já dizia que “quem não é visto não é lembrado”.

Agora, usando um outro exemplo um nacional, podemos citar a Avenida Paulista, que também é disputada a tapa por comerciantes e tal qual a Times Square, recebe mais de 1,5 milhões de pessoas, todos os dias. Então, com estes dois exemplos de supertráfego em mente, imagine todas essas pessoas passando em uma única loja, por dia.

Imaginou? Bem-vindo à Amazon!

Este e-commerce/marketplace recebe cerca de 1,5 milhões de visitas diárias, o que fez com que ele vendesse mais de 20 milhões de itens em único dia. E tudo isso acontece devido a uma lógica bastante simples, mas que muitos empresários acabam deixando de lado ao considerar seu posicionamento na internet: + Tráfego = + Vendas.

Isso porque, quanto mais pessoas virem o seu produto/serviço, mais pessoas terão interesse em comprar e, automaticamente, suas vendas irão subir. Mas, o principal problema com o tráfego, na internet atual, parte da questão: Como conseguir tráfego para um site?

Bem, existem duas respostas, e eu vou te apresentá-las agora!

1. Tráfego Orgânico

A primeira e mais original maneira de se conseguir tráfego para um site é através dos motores de busca e divulgação voluntária de links. Ou seja, é não investir dinheiro em anúncios, mas fazer com que o cliente encontre o seu site pura e simplesmente através do SEO e da qualidade do seu conteúdo.

Para isso você precisa realizar um bom trabalho de SEO e, claro, fornecer conteúdo de qualidade para o seu público. A verdade é que nenhum destes dois é fácil de se fazer, mas a vantagem é que isso irá gerar resultados bastante concretos a médio e longo prazo. Portanto, jamais despreze a otimização do seu site a produção recorrente de conteúdo relevante.

Compreendido isso, posso falar sobre aquilo que vai fazer chover visitas em seu negócio…

3. Tráfego pago

O tráfego pago é justamente o contrário do tráfego orgânico. Ele está além do SEO e da produção de conteúdo. E, como o nome sugere, você precisa pagar por ele. A boa notícia é que os investimentos nas plataformas de tráfego pago não exigem um grande investimento e trazem um retorno absurdo para você.

Na realidade, em plataformas como o Facebook Ads e o Google AdWords (as principais do mercado, atualmente) você pode começar uma campanha com uma grana que não faz doer seu bolso. O tráfego pago é ideal para empresas que precisam disparar nas vendas imediatamente ou em negócios que querem simplesmente anunciar uma promoção. Isso acontece por três motivos:

#1. Tráfego imediato: Enquanto no tráfego orgânico pode-se levar meses e até anos para alcançar um bom número de visitantes diários, no tráfego pago você é quem controlará o número de pessoas que irão acessar o seu site. Com o investimento e a campanha certa, é possível chegar aos números consideráveis em menos de 90 dias.

#2. Fluxo: Manter o fluxo de pessoas no site, todos os dias, é imprescindível para a conversão e não vai ficar dependente da variação no interesse do público. No tráfego pago sempre haverá pessoas acessando seu site, o que com as comunicações certas, representa mais pessoas se tornando leads e comprando seu produto.

#3. Retorno: O tráfego pago permite medir o retorno de um investimento feito em marketing em pouquíssimo tempo. Você tem acesso a relatórios atualizados em tempo real com os números da sua campanha e sabe quantas pessoas estão acessando o seu site, fazendo com que a tarefa de estipular um ROI seja muito mais fácil!

Entendeu por que as vendas no seu negócio começam com o tráfego? Tem alguma dúvida sobre o assunto que gostaria de compartilhar? Fique à vontade para interagir no espaço de comentários abaixo!

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on google
Share on email

Conheça outros artigos...

Fechar Menu